SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
15/02/2011 - 09h42m

Receita libera restituições do segundo lote multiexercício para 74,3 mil contribuintes

 

SÃO PAULO – A Receita Federal libera, nesta terça-feira (15), o segundo lote multiexercício de restituições do Imposto de Renda Pessoa Física deste ano.

Nele estão restituições referentes às malhas finas dos exercícios 2010 (ano-base 2009), 2009 (ano-base 2008) e 2008 (ano-base 2007).

Ao todo, 74.349 contribuintes têm imposto a restituir, totalizando R$ 143,442 milhões, a serem creditados em conta bancária.

Para saber se a restituição foi liberada, o contribuinte poderá acessar a página da Receita ou ligar para o número 146. Basta informar o número do CPF (Cadastro de Pessoa Física).

Cada exercício

Para o IR 2010, são 49.342 contribuintes com imposto a restituir, no valor de R$ 96,5 milhões, que virá corrigido em 8,55%, referentes à taxa Selic de maio do ano passado a fevereiro deste ano. Deste total, 5.729 contribuintes são idosos, que devem receber R$ 21,743 milhões.

Em relação ao IR 2009, serão creditadas restituições a 15.286 contribuintes, em um valor de R$ 28,5 milhões. O dinheiro virá corrigido em 17,01%.

Quanto ao IR 2008, serão creditadas restituições para um total de 9.721 contribuintes, totalizando R$ 18,3 milhões, já atualizados em 29,08%.

2007

A Receita também abre nesta terça a consulta à malha fina do IR 2006 (ano-base 2005), que contém 3.633 contribuintes.

Deste total, 1.909 têm imposto a receber, somando pouco mais de R$ 5 milhões. O dinheiro será depositado no próximo dia 22, com correção de 52,85%, referente à variação da taxa Selic.

Outros 735 contribuintes têm imposto a pagar, em um montante de R$ 6,205 milhões. Neste lote, 989 contribuintes não têm imposto a pagar nem a restituir.

Regras

A restituição ficará disponível no banco por um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá requerê-la mediante o Formulário Eletrônico - Pedido de Pagamento de Restituição, disponível na internet.

Caso o contribuinte não concorde com o valor da restituição, poderá receber a importância disponível no banco e reclamar a diferença na unidade local da Receita.

Os valores estarão disponíveis no Banco do Brasil. O contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência ou ligar para a Central de Atendimento BB 4004-0001 (capitais – clientes do Banco do Brasil S.A), 0800-729-0001 (demais localidades - clientes do Banco do Brasil S.A), 0800-729-0722 (capitais e demais localidades – clientes e não clientes do Banco do Brasil S.A) e 0800-729-0088 (deficientes auditivos), para agendar o crédito em conta corrente ou de poupança em seu nome, em qualquer banco

 

Fonte: site UOL

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare