SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
04/09/2013 - 10h48m

Presidente do SINDARE participa de homenagem à Confederação dos Servidores Públicos em Brasília

 
site CSPB

O deputado federal Roberto de Lucena (PV/SP) promoveu sessão Solene em homenagem à Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) que completou 55 anos no dia 29 de agosto. A sessão foi no Plenário Ulisses Guimarães da Câmara dos Deputados, na ultima sexta-feira (30). O presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do estado do Tocantins – SINDARE e a Associação dos Auditores Fiscais do Tocantins – AUDIFISCO, Jorge Couto, prestigiou o evento.

 Durante a cerimônia o deputado Roberto de Lucena entregou ao presidente João Domingos uma placa de Homenagem em nome da Câmara dos Deputados, registrando assim a comemoração aos 55 anos da CSPB. Segundo o deputado, a placa em nome do presidente João Domingos Gomes dos Santos confirma um brilhante trabalho à frente da Confederação, “pois este homem é o símbolo da militância pelos direitos dos servidores públicos, e a CSPB possuí importante trajetória de lutas e conquistas em prol dos servidores e de todos os trabalhadores desse país”.
 
No decorrer de seu pronunciamento, o presidente João Domingos destacou a trajetória da CSPB durante o período de Ditadura Militar e os heróis que fizeram da entidade uma referência de luta e esperança para os trabalhadores, e ainda que a homenagem foi realizada no mesmo dia de mobilização nacional das centrais e trabalhadores. “Hoje é o dia nacional de lutas, por tanto um dia muito especial e uma forma muito especial de luta é ver o poder legislativo, a Câmara dos Deputados, reconhecer a importância e o valor de uma entidade sindical. E aqui espero estar representando uma homenagem ao movimento sindical dos trabalhadores em geral que estão hoje nas ruas levando nossas bandeiras, nossos protestos”.
 
“Talvez não sejam todas as entidades que têm a oportunidade de ver sua história tão rica, tão importante ser defendida pelas próprias autoridades que hoje nos homenageiam, demonstrando com grande surpresa o conhecimento histórico da CSPB. Isso é motivo de orgulho para nós e cada um de nós saímos daqui garbosos com essa constatação”, explicou Domingos.
 
“A CSPB foi criada em um contexto histórico muito interessante, onde era visível o despertar da consciência de classe do servidor público. A CSPB nasceu como um aparelho do partido comunista e por isso ela tem esse DNA,  de uma entidade de cunho socialista, de uma entidade de quadros, internacionalista por que já nasceu com esse conceito da solidariedade internacional entre os trabalhadores e conquistas através de lutas. A CSPB é base de 5 centrais sindicais, e a nossa luta hoje é pela construção de um estado social de direito, pela construção de um mundo melhor”, concluiu João Domingos.

 Jorge Couto também participou das plenárias finais do CSPB.

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare