SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
08/03/2019 - 17h33m

Na única vez em que o SINDARE se intrometeu em assuntos de escalas, o fez para contribuir. E a pedidos.

 

 

Sim, outrora, o SINDARE já fez ação sobre escalas de serviços em postos fiscais. E o fez para contribuir. Precisamente, em janeiro de 2014, o SINDARE, a pedido dos Auditores Fiscais III - atualmente AFRE IV, padrão IV -, então filiados ao SINDARE e também a pedido da ASFETO, que viu no próprio SINDARE uma possibilidade ainda maior de engajamento na luta da época em prol da manutenção das escalas. Mesmo sem ter expertise no assunto, por motivos óbvios, o SINDARE não teve dúvidas em engajar-se na luta por tal demanda. E o fez, como sempre faz, às claras, sem subterfúgios e de forma veemente. Como também aprovou e novamente o fará, se instado, em prol da carreira única. Algo fora disso, só refletem insultos e inverdades para dividirem ainda mais a categoria fiscal, num instante em que a união se faz mais do que premente e necessária, em prol de demandas e assuntos diversos, como por exemplo, o atraso no pagamento da diferença do REDAF, a quebra do teto e outros temas que anseiam a todos.
Importante destacar que, à época, à SEFAZ fez publicar em seu site matéria a respeito. A ASFETO, talvez o principal ator na resolução do problema à época, fez publicar matéria em tal sentido, cujo link, com o pedido de licença à mesma, reproduzimos a seguir.

https://asfeto.com.br/sefaz-mantem-escala-de-auditores-a-pedido-de-entidades-do-fisco/

© 2019 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare