SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
06/12/2013 - 19h39m

Confira no link Galeria de Fotos o café da manhã entre sindicalistas e o presidente do STF, Ministro Joaquim Barbosa

 

Representantes dos servidores públicos estaduais, entre eles o presidente do Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita estadual do Estado do Tocantins – SINDARE e da Associação dos Auditores Fiscais do Tocantins – AUDIFISCO, Jorge Couto,  entregaram ao presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, documentos que demonstrariam um rombo no Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev), que pode chegar a R$ 298 milh  com o magistrado.

De acordo com o presidente do Sisepe, Cleiton Pinheiro, o ministro recebeu os documentos e prometeu "uma análise com carinho", na oportunidade em que os assuntos forem discutidos no STF.
"Sabemos que o tribunal analisa os documentos enviados pela Polícia Federal na operação Miqueias, que cita participação de parlamentares do Tocantins e a atuação de doleiro em esquema com dinheiro de regimes de previdência", afirmou Pinheiro, que complementou que Barbosa disse que usaria a documentação para "se informar mais sobre o caso".


© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare