SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
22/06/2011 - 09h12m

Aumento de salários no governo abrangerá de coordenadores a secretário; confira os valores

 
Aquiles Lins Da Redação O aumento de salário dos secretários, subsecretários e superintendentes, anunciado nesta terça-feira, 21, pelo governador Siqueira Campos (PSDB), será estendido até aos servidores que ocupam cargos de coordenação. Segundo a Secretaria da Administração confirmou ao CT, os cargos de coordenação, direção e superintendência sairão da estrutura de cargos de Direção e Assessoramento, os chamados DAS, e receberão a denominação de Cargos Comissionados da Estrutura Organizacional (CEO). Assim, quem ocupa um cargo de coordenador, DAS-7, e recebe atualmente R$ 2.700, passará a ocupar o cargo CEO 1 e receberá, a partir do dia 1º de julho, R$ 3.300. Os cargos de diretor, DAS-10, cujo vencimento atual é de R$ 3.600, passarão para CEO 3, com salário de R$ 4.200. Os cargos de superintendente, DAS-12, cujo salário é de R$ 5.100, serão CEO 4, e receberão R$ 6.400. Há ainda dois cargos na área da Secretaria de Segurança, Justiça e Cidadania, que são atualmente DAS-9, com salário de R$ 3.300, passarão a ser CEO 2, com vencimento de R$ 3.600.  Para os servidores que são concursados e ocupam cargos comissionados, a gratificação de representação será de 25% do valor do novo salário. O Diário Oficial do Estado publica a Medida Provisória com os novos salários dos comissionados nesta quarta-feira, 22, segundo a Secad. Veja como ficou os salários do primeiro ao quarto escalão do governo: Cargo  Salário atual Novo salário Aumento Secretário. R$ 9.540 R$ 15.000 36,4% Sub-secretário Secretário Executivo R$ 6.320 R$ 12.000 47,3% Superintendente   R$ 5.100 R$ 6.400 20,3% Diretor   R$ 3.600. R$ 4.200 14,2%  Coordenador. R$ 2.700 R$ 3.300 18,1%  Com informações: site CT
© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare