SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
09/04/2015 - 03h29m

A TURMA DO QUANTO PIOR MELHOR VOLTA A ATACAR. OS MESMOS DE SEMPRE E MAIS UMA VEZ, NA BASE DA MENTIRA

 

Um olhar mais atento, nos últimos dias, aos noticiários de um dos blogs mais lidos do Estado, e se pode perceber o quão leviano - ele sim, merece tal pecha - e mentiroso é um dos integrantes da turma do quanto pior melhor. Representante do sindicato de agentes de fiscalização - o mesmo que a todo momento blefa, ameaçando realizar uma falsa greve -  ou melhor (ou pior) o seu intragável presidente - este que se destaca pela sua peculiar falta de educação e pedantismo próprios dos ignóbeis -, puxa-saco de marca maior, foi à imprensa em defesa de um de seus gurus, utilizando-se para tal, de argumentos dos mais sórdidos possíveis. 

Sim, porque o dito cujo, anda sempre sob a batuta de diversas outras pessoas. Líder faz-de-conta. Perseguidor de colegas de trabalho, desde sempre. Traíra típico. E, logicamente, um tremendo mentiroso.  Acostumado a andar e agir sempre a reboque das ações e protagonismos alheios, a suas as atuações são sempre derivadas, nunca originárias. Tem sido assim assim, nas reuniões em que essa abjeta figura participa com outros representantes sindicais. 

Se o SINDARE estiver presente o dito cujo fica mudo, se o representante do SINDARE se manifesta, ai sim ele age a reboque  com a impropriedade que normalmente lhe é peculiare assim encerra as suas pobres elocubrações. Coisa de menino chorão, aliás tal comparação é incabível, dado ao lirismo e ingenuidade que sempre pertine às crianças. Praticante de um anti-sindicalismo rasteiro, vive fazendo acusações levianas nas confederações da vida contra outros colegas sindicalistas, intromendo-se até onde não lhe cabe. Já andou se oferecendo, na maior "cara-de-pau" para participar de reunião do Fórum de defesa do Concurso Público para a Carreira de Auditoria Fiscal. Logicamente, que nem resposta o mesmo chegou a receber, dada a falta de seriedade da proposta. Rechaçado em silêncio. Já tentou pular da Força Sindical para a nova Central também. Sem sucesso, não seria bem vindo. 

Agora o "Pinóquio" anda negando o inegável, após ter ido por dezenas de vezes ao MPE postular o ajuizamento de ADI contra a Lei 2.890/2014 que criou o Plano de Carreira, Cargos e Salários do Quadro Técnico de Apoio Administrativo da Secretaria da Fazenda, não tem a ombridade de assumir seus feitos. Ou malfeitos. Fazer o quê? Torna-se inóquo exigir um mínimo de sentimento nobre de quem passa ao largo do bem. Não convence um único servidor da SEFAZ com tamanha desfaçatez. As provas são irrefutáveis de suas constantes idas àquele órgão ministerial. Mas, não para por ai. Continua a mentir quando diz que o SINDARE se apresenta como Sindicato de Auditores de Rendas. O SINDARE é e se apresenta como Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins, como efetivamente o é. O judiciário assim sentenciou e fez o sindicato de ex-agentes de fiscalização pagar custas judiciais e honorários advocatícios, por sua absurda aventura jurídica de tentar impedir que o SINDARE utilizasse tal denominação. É muita petulância! Impedir quem fez concurso para auditor de ser chamado de auditor. Continua a mentir quando diz falar em nome de todo o Fisco do Tocantins. Talvez já não fale mais nem em nome de todos os filiados da entidade que representa. 

E olhe que aqui a referência é só aos filiados de verdade, não aos inventados. Assim, em respeito sobretudo ao leitor deste site, importa salientar que os vocábulos utilizados para se referir ao personagem-vilão do presente texto foram em verdade os mais leves possíveis, verdadeiros eufemismos, se comparados aos que logicamente lhes são mais apropriados.  Por ora, é isso. Em breve virá mais.  

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare