SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
27/04/2014 - 12h44m

SINDARE REALIZA ASSEMBLÉIA DA CATEGORIA

 
Contando com massiça participação de seus filiados, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado de Tocantins -(SINDARE - realizou, no último sábado, 26, Assembleia Geral Ordinária para tratar de questões pertinentes ao sindicato.  A Confederação dos Servidores Públicos do Brasil-CSPB, esteve presente na pessoa do diretor de Comunicação e também presidente da Federação Intersindical dos Servidores Públicos Municipais - FESEMPRE, Aldo Liberato, e do assessor sindical de ambas as entidades, Afonso Donizete.  A categoria dos Auditores Fiscais do Tocantins está há 20 anos sem realizar certames no âmbito público. A advogada da FESEMPRE, Mariana Tavares, que está na causa junto com o sindicato destacou a situação. "É importante esclarecer que, de um dia para o outro, uma lei tornou os fiscais que ingressaram tendo o requísito de nível médio e com atribuições e cargo diferentes da de Auditores Fiscais", destacou. 

Outro ponto tratado na assembleia foi a filiação à FESEMPRE. Os auditores aprovaram por unanimidade a integração das duas entidades. O que deixou em evidência o prestígio do trabalho  do presidente da federação. Aldo Liberato comentou a filiação do SINDARE à FESEMPRE: “Eu fico feliz de o SINDARE ser da família FESEMPRE e ter o apoio da CSPB, pois é uma categoria atuante e que tem uma diretoria que está na luta pelos trabalhadores, mesmo com todas as dificuldades enfrentadas, mesmo com toda a pressão do governo de Tocantins, o sindicato está aqui forte e atuante”, afirmou Liberato. O presidente do SINDARE, Jorge Couto, agradeceu o auxilio da FESEMPRE e da CSPB em todas as causas do Sindicato. “A FESEMPRE, a CSPB e também a Nova Central são parceiras sem comparação. Sempre nos ajudam em todos os momentos, mesmo antes de nos filiarmos à FESEMPRE, dando-nos apoio jurídico, assessoria sindical e logística em todas as situações”.  

A categoria promoveu alterações em seu estatuto social. O mandato da próxima diretoria executiva e do conselho fiscal será de cinco anos. Outra alteração significativa e que encontra supedâneo nas próprias diretrizes e frentes de luta do SINDARE, é que a partir de agora tão-somente os Auditores originalmente concursados em certame público para o cargo poderão se filiar à entidade. Outros servidores públicos poderão, contudo, se associar ao SINDARE e terão direito a participação em todos os eventos do sindicato, à exceção de votar e ser votado.

As lutas pelo Subsídio Integral, aumento do REDAF, direitos iguais entre os Auditores Fiscais em atividade, aposentados, pensionistas e os que exercem manto eletivo, revisão da tabela de vencimento do Fisco Estadual, tornando-a simétrica e corrigindo a verdadeira aberração que ora representa, eis que apresenta tratamentos diferenciados e absurdos como salário de uma classe maior do que o inicio da classe imediatamente superior. Também as promoções imediatas, mediante curso de formação e avaliação, além da premente realização de concurso público ao cargo de Auditor Fiscal da Receita Estadual do Estado do Tocantins, se impõem. São estas, dentre outras, as prioridades do SINDARE e de seus filiados, neste momento.

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare