SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
05/08/2013 - 22h15m

MAIS UMA VEZ A SEFAZ DÁ UM JEITO DE NÃO TER REDAF CHEIO

 

Enquanto os servidores da Secretaria da Fazenda, tanto administrativos, quanto os Auditores Fiscais, fazem a sua parte e arrecadam cada vez mais, dentro de suas possibilidades e atendendo aos pedidos da administração, esta por sua vez, já pela terceira vez só neste ano, estabelece meta quase que inatingível, ante as circunstâncias postas. Enquanto já se tem a preocupação natural, diante dos burburinhos que circulam Estado a fora, com medidas governamentais que, em tese, podem atingir os salários do FISCO, dentro da SEFAZ, medidas que reduzem o valor a ser recebido de REDAF, já têm sido adotadas na prática. Enquanto o SINDARE luta para que o haja aumento do REDAF que, inexplicavelmente, está congelado a mais de cinco anos, a SEFAZ estabelece metas difíceis de serem atingidas, em que pese os esforços envidados por todos. Neste mês de agosto, que passa a vigorar uma importante conquista da categoria fiscal, pleiteada insistentemente pelo SINDARE, que é o REDAF nas férias, independente de quantas sejam gozadas no ano, tudo que os Auditores Fiscais não gostariam era de receber REDAF “quebrado”. O SINDARE e a AUDIFISCO, mais uma vez, irão à luta. Ainda nesta semana os seus diretores se reunirão com as autoridades competentes a fim de discutir essa questão, dentre outras.

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare