SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
13/05/2011 - 21h22m

DILMA CRIA CÂMARA PARA APRIMORAR ADMINISTRAÇÃO DO ESTADO

 
A presidente Dilma Rousseff instalou ontem a Câmara de Políticas de Gestão, Desempenho e Competitividade que terá a missão de aprimorar a gestão do serviço público no País. Dilma afirmou que a criação da câmara é um momento de definição em seu governo, quando o Brasil segue uma trilha de desenvolvimento econômico e social. Formada por empresários e ministros, a câmara vai assessorar a presidente na melhoraria da gestão pública a fim de reduzir custos, aumentar a produtividade e a competitividade, otimizar sistemas de compras, entre outros. O empresário Jorge Gerdau Johannpeter será presidente da Câmara. Também integram o grupo os empresários Abílio Diniz (dono da Companhia Brasileira de Distribuição), Antônio Maciel Neto (presidente da Suzano Papel e Celulose) e Henri Philippe Reichstul, que presidiu a Petrobras entre 1999 e 2001, durante o segundo mandato de Fernando Henrique Cardoso. Do Poder Executivo, os ministros Antônio Palocci (Casa Civil), Guido Mantega (Fazenda), Miriam Belchior (Planejamento) e Fernando Pimentel (Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior) integram a Câmara. A instância não terá estrutura nem quadro próprio e contará com o apoio técnico e logístico de uma secretaria executiva na Casa Civil. A participação dos integrantes é considerada como serviço público relevante e não será remunerada. A Câmara é vinculada ao Conselho de Governo da Presidência da República. A presidente afirmou ainda que a saída para concretizar os ganhos de competitividade sistêmica, que levem à melhoria conjunta da gestão dos serviços de saúde, educação e segurança, é a “parceria entre o setor público e o privado”. Na solenidade, a presidente frisou que sem a atuação conjunta e em sintonia dos segmentos público e privado fica mais difícil percorrer o caminho que levará ao crescimento e ao desenvolvimento do País. Dilma afirmou que é preciso conviver com o desafio de combater a miséria e, ao mesmo tempo, transformar o País - e que, assim, inovação e educação tenham espaço privilegiado. Durante o lançamento, Dilma afirmou que o Brasil precisa controlar a inflação para continuar crescendo. “Temos que garantir que o País faça a consolidação fiscal e ao mesmo tempo controle a inflação e, para que essa inflação seja efetivamente controlada, temos que garantir que nosso País cresça”, disse. A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, afirmou que o Brasil enfrenta um momento especial em que está colhendo os resultados de um política responsável praticada ao longos dos últimos anos e defendeu o trabalho da Câmara no sentido de auxiliar na continuidade desse progresso. “Para garantir competitividade ao País precisaremos adotar novas tecnologias de gestão, de informação, incorporar indicadores de resultados e continuar valorizando de forma responsável os servidores públicos”, disse Miriam. Com informações: site FENAFISCO
© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare