SINDARE - Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual do Estado do Tocantins
15/12/2011 - 10h15m

DEPUTADO ENTENDE QUE SIQUEIRA NÃO PODE SEQUER REDUZIR O SALÁRIO DE GOVERNADOR

 

O SINDARE já havia divulgado no dia de ontem o seu entendimento de que a medida proposta pelo Governador Siqueira Campos, ainda que aprovada, não causaria impacto imediato nos vencimentos salariais do servidor público estadual, notadamente dos Auditores Fiscais da Receita Estadual. Ontem mesmo, dia 14, o deputado estadual Sargento Aragão (PPS) pediu, durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça, vistas no projeto de Lei do deputado Raimundo Moreira (PSDB) que fixa em R$ 24,1 mil os salários do governador e em R$ 19,2 mil do vice. O projeto atendeu ofício do governador Siqueira Campos (PSDB) enviado à Assembleia Legislativa.
"Quero ver se ele quer na verdade é congelar o salário", alegou Aragão, adiantando que caso seja esse o objetivo ele não concorda, já que isso prejudicaria outras categorias que possuem trabalhadores de carreira que já tem salários próximos do governador. Segundo o ofício, a ideia de Siqueira seria reduzir o seu próprio salário, mas isso hoje não é possível porque a lei que estabelece os subsídios do governador e do vice atrela os vencimentos ao montante pago aos desembargadores do Tribunal de Justiça do Tocantins. Além disso, o projeto de Moreira, não diminui os salários, mantendo os valores.

© 2018 - SINDARE - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por ConsulteWare